quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

A felicidade



Hoje a felicidade me acordou mais cedo. Como é bom quando a quietude é nosso despertador matinal. Dizem que a alegria é só um detalhe, então hoje sou um homem detalhista. Valorizo os sorrisos sem motivos, a segurança de se estar no caminho certo mesmo quando erro. Porque a serenidade da alma é conquistada, e isso leva tempo. Que satisfação é o olhar de maturidade para o futuro, é como profetizar sem palavras, sem medo do porvir.  E o coração, hoje mar calmo, mas outrora ventanias e temporais. Tornei-me bom marinheiro, com a ajuda dos céus e das poucas pessoas a quem devo gratidão. Descobri então que ser feliz não tem relação com o que possuo, e sim com o quanto sou grato pelo que possuo.

Nenhum comentário: